O mercado oferece uma infinidade de tipos de tintas, massas e outros produtos para aplicação em revestimentos internos e externos. Por conta disso, é importante para quem está realizando uma obra saber algumas diferenças básicas. Confira:
 
TINTA PVA
O látex PVA é, talvez, a tinta mais comumente encontrada atualmente nos interiores das residências. O acabamento em látex PVA é adequado para a parte interna das residências, que pode ser limpa apenas com um pano úmido. Seca rapidamente e o odor típico de pintura é mínimo.
pva
 
 
TINTA ACRÍLICA
É solúvel em água e seca rapidamente. Sua fórmula contém resinas acrílicas, o que proporciona ao produto alta impermeabilidade quando aplicado, tornando-o especialmente eficaz para pinturas externas. Essa impermeabilidade também torna a tinta acrílica interessante para uso em áreas molhadas da casa, como cozinha e lavabo.
acrilica
 
 
TINTA ESMALTE
O esmalte, ao contrário dos exemplos anteriores, é um tipo de tinta, que em sua maioria não é solúvel em água, visto que possui o que é chamado de “base a óleo”. As tintas esmalte são especialmente boas para a utilização em superfícies de ferro ou madeira. Assim, janelas de ferro, corrimãos e estruturas metálicas leves terão um acabamento melhor e mais durável se pintadas com tinta esmalte.
esmalte
 
 
TINTAS EPÓXI E POLIURETANO
As tintas epóxi e de poliuretano são sintéticas e não solúveis em água e têm usos mais específicos, como, por exemplo, a pintura de caixas d’água. Como são tintas específicas para aplicação em áreas molhadas e até inundadas, como piscinas e caixas d’água, podem ser uma excelente possibilidade para banheiros, cozinhas e áreas dessa natureza.
epoxi poliuretano