Além de conferir sofisticação ao ambiente, a coifa é um eletrodoméstico funcional, que absorve gordura e odores produzidos durante o preparo dos alimentos. Se você está planejando instalar uma coifa na sua cozinha, aí vão alguns mitos e verdades sobre o produto.

 

(Imagens Ilustrativas)

Para ter uma coifa é preciso quebrar a parede?

O eletrodoméstico pode ser usado no modo exaustor que, por meio de dutos, leva o ar para fora da residência, ou, ainda, no modo depurador simples, que suga o ar, filtra e o envia novamente para o ambiente. Caso o consumidor não queira encarar uma pequena obra e escolha o produto pela estética, aproveitando somente o duto em aço inox escovado como peça decorativa, basta utilizá-lo no modo depurador.

Meu fogão fica na parede. Posso ter coifa na cozinha?

Os modelos de coifas mais comuns são de parede e ilha. O primeiro é indicado justamente para quem tem o fogão contra a parede. Já o segundo, para quem tem fogão ou cooktop no centro da cozinha, sendo fixada ao teto.

 

Preciso chamar um engenheiro para instalar a minha coifa?

Caso o eletrodoméstico seja utilizado no modo exaustão, é preciso planejar a instalação do duto para saída do ar, que tem 150 mm de diâmetro.

Qual a distância ideal entre a coifa e a superfície do fogão ou cooktop?

Para garantir o funcionamento correto do eletrodoméstico, a distância até a superfície deve ser de 650 mm. Além disso, para que não haja perda de eficiência de sucção, a coifa deve ter a mesma largura que fogão ou o cooktop. Se a distância indicada na manual de instruções do fogão e da coifa for diferente, respeite a que for maior.

Venha fazer uma visita até a Cassol Centerlar mais próxima para conferir todos os modelos de coifas, para mais informações sobre produtos: 4001-1515.

Com informações da assessoria de imprensa InPresspni.