Quem gosta de jardinagem deve saber que para manter as plantas saudáveis e bonitas envolvem três fatores: o clima, quantidade de água e a qualidade da terra. Os dois primeiros fatores tudo bem, e a terra?  A terra precisa de adubo, que você mesmo pode fazer com os restos de alimentos. Agora confiram as dicas da Cassol Centerlar e aprenda a fazer a sua própria caixa de composta.

 

 

A proposta das composteiras domésticas é composta por um sistema de reciclagem dos resíduos orgânicos, onde minhocas e micro-organismos transformam restos de alimentos em adubo de excelente qualidade. É um sistema prático, compacto, higiênico e de fácil manuseio que não produz cheiro nem atrai insetos e animais indesejados.

 

 

Basicamente funcionam com 3 caixas de plásticos empilhadas nas quais as duas que ficam em cima digerem os resíduos orgânicos (caixas digestoras) e a que fica em baixo (caixa coletora) recolhe o chorume que escorre das caixas de cima. As duas caixas digestoras são furadas no fundo para facilitar o fluxo das minhocas e do chorume, e a caixa coletora possui uma torneira para facilitar a retirada do chorume. Para saber mais sobre composteira e como utilizar assista ao vídeo da matéria “Como fazer uma composteira doméstica para reciclar o próprio lixo” realizada pelo o site Consumo com Atitude.

Lembrando que a reciclagem não só é importante para as plantas mas também para o nosso planeta. E se cada um fizer a sua parte estaremos contribuindo para um mundo mais sustentável.

 

Imagem: Mundo Estranho.