Tendência há algumas temporadas, a parede de tijolinho à vista pode ser feita pelos próprios moradores da casa. E de vários jeitos: com papel de parede texturizado, azulejos especiais, isopor, descascando uma parede já existente e até levantando uma nova, de tijolo mesmo. Confira agora algumas dessas opções e escolha a que combina melhor com a sua casa. Mãos à obra!

PAREDE DE DESCASCADA

Uma alternativa divertida e rápida de fazer.

1 – Teste a parede que você deseja expor, fazendo um buraco no reboco, até que você possa ver o estado do tijolo. A peça não pode desintegrar-se ou quebrar ao toque, e deve estar sem rachaduras.

2 – Antes de começar a descascar, remova todas as coisas do ambiente e cubra o restante, inclusive o chão, com uma lona de plástico.

3 – Use uma talhadeira para remoção do reboque. Comece fazendo um furo para teste. Posicione a talhadeira na diagonal e bata com o martelo nela. O reboque vai começar a sair pelas bordas. Você também pode usar a talhadeira onde houver trincos no reboque. Isso vai ajudar a remover pedaços maiores.

4 – Raspe os rebocos soltos com escova de aço. Pressione com firmeza para remover a poeira que pode haver sobre os tijolos e argamassas.

5 – Com uma toalha, limpe a parede de cima para baixo, com água morna, para remover qualquer resíduo.

6 – Para fazer o acabamento, aplique um impermeabilizante para tijolos.

PAREDE DE VERDADE

A opção mais trabalhosa, mas também a mais incrível!

1 – Escolha uma parede de base, onde vai colocar os tijolos. Lembre-se que o ambiente vai perder alguns centímetros nessa empreitada.

2 – Comece fazendo buracos na parede para a massa fixar melhor e os tijolos colarem.

3 – Marque a parede com riscos de 50 em 50 cm, para facilitar na hora de colar as peças e evitar que fiquem tortas.

4 – Calcule a área da parede (base X altura) e compre os tijolos, sempre com uma folga de 10%, e a argamassa – que deve ser aplicada somente no lado que for fixado na parede.

5 – Corte os tijolos dos cantos, que ficarão ao redor das tomadas e dos interruptores de luz. O ideal nesta etapa é usar uma serra elétrica, mas uma serra de dente fino, seguida de uma bela lixação com lixadeira elétrica, pra dar acabamento arredondado, é suficiente. Mas se prepare: cortar os tijolos é sempre a etapa mais trabalhosa da obra.

6 – Por fim, você pode pintar ou deixar ao natural. Se optar pela pintura, use tinta látex 100% acrílico. Se preferir um acabamento mais rústico, aplique alguma resina (impermeabilizante ou verniz acrílico a base de água).

TIJOLO FALSO (SÓ A FACE)

Um jeito fácil e prático de ter a sua parede de tijolinhos em casa.

1 – Escolha uma parede de base, onde vai colocar os tijolos. Lembre-se que o ambiente vai perder alguns centímetros nessa empreitada.

2 – Misture 6 colheres (sopa) de massa corrida e 2 colheres (sopa) de areia. Coloque essa mistura no espaço de cada tijolo, com uma espessura de 3 mm. Quando terminar a fileira, passe a espátula para alisar cada tijolo – isso é fundamental para não precisar lixar depois.

3 – Retire a fita adesiva enquanto o material ainda estiver fresco.

4 – Passe o selador sobre os tijolos e, depois, pinte com a cor que preferir.

5 – Passe o selador novamente sobre toda a superfície, incluindo os tijolos já pintados. Com um pincel, pinte as juntas com uma mistura de tinta látex branca e uma pequena quantidade de cinza claro (tom próximo ao do cimento) e de preto (acrescente ainda um pouco de areia à preparação, para um melhor efeito).

6 – Passe um pano seco sobre os tijolos para espalhar a tinta e deixar o efeito mais delicado. Espere secar e pronto!

TIJOLINHO DE ISOPOR

Além de ser uma das opções mais econômicas, o isopor melhora o desempenho termoacústico dos ambientes. Pronto pra começar?

1 – Compre placas de isopor de espessura reduzida, com 1 cm, no máximo. Isso facilita o corte e impede que surjam vãos muito profundos entre as peças.

2 – Com as placas de isopor em mãos, desenhe linhas retas e recorte com estilete.

3 – Em seguida, cole as peças em painéis de madeira, com cola para madeira e o auxílio de uma esponja.

4 – Depois de colar o isopor nos painéis, é hora de aplicar a tinta (não esqueça de proteger as áreas em volta).  Para cobrir o isopor de forma adequada, a tinta utilizada é do tipo spray, mais fácil de aplicar.

5 – Agora é só prender os painéis na parede e pronto!

Obs: O isopor não resiste a altas temperaturas, então nem pense em colocá-lo perto de churrasqueiras, fornos ou fogões.

MEIO TIJOLO

Hoje em dia existes vários modelos de tijolos cortados pela metade ou até mesmo placas de tijolo. Como têm menor espessura, são mais práticos e fáceis de aplicar do que o tijolo inteiro. É muito mais realismo e muito mais espaço!

PAPEL DE PAREDE

Para quem quer uma mudança rápida, sem nadinha de sujeira e com pouquíssimo trabalho, os papéis de parede que simulam tijolinhos são perfeitos. O visual fica superparecido e, em menos de duas horas, você renova o ambiente.